Sábado, 15 de Agosto de 2020
87.99164-7723
Dólar comercial R$ 5,43 1.116%
Euro R$ 6,43 +1.4%
Peso Argentino R$ 0,07 +0.679%
Bitcoin R$ 68.481,42 +1.265%
Bovespa 101.353,45 pontos +0.89%
Economia ECONOMIA

Bolsonaro sanciona lei que proíbe corte de água e energia aos finais de semana

A medida obriga ainda o consumidor a ser comunicado previamente sobre o desligamento

16/06/2020 12h30
34
Por: Redacao Fonte: Folha PE
Jair Bolsonaro - Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil
Jair Bolsonaro - Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro sancionou projeto de lei que proíbe o corte de serviços, como água e energia, de clientes inadimplentes aos finais de semana e feriados nacionais.

A iniciativa, que entrou em vigor nesta terça-feira (16), foi aprovada pelo Poder Legislativo no final de março e publicada a sua sanção no "Diário Oficial da União". Ela impede o corte de sexta a domingo e na véspera e durante feriados.

A medida obriga ainda o consumidor a ser comunicado previamente sobre o desligamento e proíbe as empresas fornecedoras de cobrarem o serviço de religamento quando não houver comunicação prévia do corte.

A obrigatoriedade de comunicação prévia, especialmente quando se fala de energia elétrica, já era prevista por regulamentações administrativas, mas não era contemplado na legislação.

Com a sanção, o dispositivo foi incluído na lei que trata dos direitos dos usuários de serviços públicos prestados pela administração pública.
Pela lei, a concessionária pública deverá informar a partir de que dia o corte será feito e isso só poderá ocorrer em horário comercial.
Nos casos em que o consumidor não for notificado antes, não precisará pagar taxa de religação dos serviços.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias