domingo, 23 de fevereiro de 2020
87.99944-0258
Brasil

21/08/2019 às 13h32

53

Redacao

Ouricuri / PE

Lista de privatização inclui Correios, Eletrobras, CBTU e Casa da Moeda, diz jornal
Anúncio oficial será feito às 17h em cerimônia no Palácio do Planalto
Lista de privatização inclui Correios, Eletrobras, CBTU e Casa da Moeda, diz jornal
Correios Foto: Lia de Paula / Agência Senado

O ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou, nesta quarta-feira (21), a privatização de 17 estatais. Na lista, destaque para Correios, Eletrobras, Casa da Moeda, Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). A relação foi divulgada pelo jornal O Globo.


 

 

Em discurso na noite dessa terça-feira (20), Guedes afirmou que as privatizações serão aceleradas. "Tem gente grande que acha que não vai ser privatizado e vai entrar na faca", afirmou Guedes. O ministro reiterou a meta que deu ao seu secretário de Desestatização, Salim Mattar, de privatizar US$ 20 bilhões neste ano. O anúncio oficial será feito às 17h em cerimônia no Palácio do Planalto.


Confira a relação completa:

Correios;

Eletrobras;

Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU);

Telebras;

Empresa Brasil de Comunicação (EBC);

Empresa Gestora de Ativos (Emgea);

Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias (ABGF);

Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro);

Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev);

Casa da Moeda;

Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp);

Centrais de Abastecimento de Minas Gerais (Ceasaminas);

Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A. (Trensurb);

Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa);

Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada (Ceitec);

Loteria Instantânea Exclusiva (Lotex).

FONTE: Folha PE

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
Mais lidas
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium